Projeto de hotelaria: dicas de arquitetura e decoração para colocar em prática

O projeto de hotelaria é um recurso importante para a experiência do seu cliente, pois garante eficiência e determina como será a organização do trabalho. Consequentemente, ajuda a gerar mais valor para o seu trabalho.

Muito desse resultado é derivado do tipo de negócio que você pretende ter. Por exemplo, se a ideia é ser voltada para executivos, o projeto de arquitetura do hotel precisa ser mais sóbrio e prático.

Por sua vez, se o objetivo é garantir uma integração com a natureza, é necessário oferecer vários espaços com plantas e até salas de meditação e outros benefícios desse gênero. Ou seja, a decoração do hotel transmite uma sensação e aumenta a satisfação dos seus clientes.

Para alcançar os melhores resultados, é importante investir nos materiais e elementos certos. Neste post, vamos explicar melhor o que você precisa fazer para chegar lá. Acompanhe!

Afinal, o que é um projeto de hotelaria?

O projeto de hotelaria consiste em uma espécie de descrição detalhada do empreendimento, suas características e materiais que serão usados. É nessa etapa de planejamento que se define se serão adotados conceitos de sustentabilidade, quais serão as prioridades e outras informações.

O objetivo é gerar valor para o negócio e garantir a satisfação dos clientes. Portanto, o projeto de arquitetura do hotel é apenas o primeiro passo. Ele precisa sair do papel e se transformar em algo palpável, de acordo com o orçamento disponível.

Além disso, o projeto também define como será a decoração do ambiente. Alguns ajustes podem ser feitos ao longo do caminho, ainda assim, ele serve como base para todas as ações.

Qual a importância do projeto de hotelaria?

O projeto de arquitetura de um hotel define toda a organização da empresa. Por isso, ele ajuda a estruturar o negócio e garantir que a decoração seja condizente com os objetivos perseguidos.

Isso ajuda a transformar o visitante em hóspede frequente. Afinal, o cliente espera algo e o projeto de decoração do hotel precisa atender suas expectativas. De outra forma, ele dificilmente voltará ao seu estabelecimento.

Outro detalhe importante do projeto de arquitetura é a inclusão de tecnologias e conceitos sustentáveis. Dessa forma, você já verifica as possibilidades, analisa o orçamento disponível e percebe o que traz o melhor custo-benefício. No final, o projeto de hotelaria mostra qual é a identidade do negócio e os valores adotados. 

Quais são as etapas do projeto de hotelaria?

A primeira parte para elaboração do projeto integra as informações sobre o futuro empreendimento e o cliente potencial. Ainda existem outras fases, mas vamos tratar delas depois. Por enquanto, é preciso saber como começar. Confira os primeiros passos!

Conhecimento das tendências de mercado

Faça uma pesquisa de mercado para entender como a região que você escolheu se comporta em relação ao mercado hoteleiro. Analise detalhes, como:

  • quantidade de estabelecimentos existentes;
  • movimento de hóspedes atual;
  • tipo de público que costuma frequentar os estabelecimentos;
  • valor médio pago por cliente.

A partir disso, você tem uma ideia se vale mais a pena abrir um hotel descontraído ou um voltado para executivos. De toda forma, perceba que a pesquisa de mercado deve contemplar potenciais clientes, concorrentes e mercado. Ainda precisa se basear em dados e, se possível, entrevistas. Assim, você terá um recorte da realidade.

Concepção do empreendimento

Esse é o momento de identificar os objetivos empresariais. O foco deve ser o longo prazo. Por isso, vale a pena responder alguns questionamentos:

  • quais indicadores serão priorizados? Por exemplo, prazos, taxas de retorno do investimento etc.
  • qual a imagem desejada para o hotel?
  • como você espera que os clientes lembrem do seu estabelecimento?

Nesse momento, também é importante aplicar uma política de recursos humanos. Além disso, deve-se saber quantas pessoas serão necessárias para colocar o hotel em funcionamento.

Uma boa forma de fazer isso é pela matriz SWOT. Ela busca descobrir as forças, as fraquezas, as oportunidades e as ameaças. Os dois primeiros aspectos são internos, por exemplo:

Por sua vez, as oportunidades e as ameaças são externas, ou seja, elas dependem do mercado. É o caso de:

  • alta ou baixa da inflação;
  • entrada de um novo concorrente no mercado;
  • redução ou aumento do dólar, que diminui ou incentiva as viagens nacionais.

De toda forma, você deve criar quatro quadrantes e colocar esses aspectos. Assim, você saberá o que priorizar no projeto de arquitetura do seu hotel.

Conhecimento do perfil do estabelecimento e do hóspede

Na pesquisa de mercado, você já obteve informações sobre os potenciais clientes. De toda forma, vale a pena reforçar essa importância.

Saiba qual é a faixa etária dos potenciais clientes, qual é o estilo de decoração que preferem, se buscam algo mais agitado ou calmo, entre outros detalhes. Portanto, liste todos os detalhes do perfil de hóspedes para pensar na decoração do hotel.

Consideração da personalização da experiência do cliente

Por fim, cuide do cliente e pense na personalização. O ideal é ir além da oferta de quartos, serviços e comodidades. É importante focar na experiência para atrair, reter e fidelizar os hóspedes.

Aqui, é necessário avaliar todos os elementos decorativos do hotel. Isso inclui a arquitetura dos quartos, os aspectos tecnológicos atuais e a sensação que você pretende transmitir.

Ainda existem outras etapas a executar. Mais especificamente, relativas à arquitetura e à decoração. Vamos apresentar em seguida.

Como fazer o projeto de arquitetura de hotel?

Além de pensar em todos os detalhes já vistos, você também precisa considerar outros aspectos mais tangíveis. Agora, vamos mostrar quais são eles.

Entenda os sistemas construtivos

Os sistemas construtivos são caracterizados por um conjunto de regras práticas a partir do uso coordenado e apropriado da mão de obra e dos materiais. Existem várias opções possíveis. De toda forma, os 5 principais são os seguintes:

  • alvenaria convencional: é o método baseado no emprego de lajes, vigas e pilares. Eles são complementados por lajotas, tijolos e blocos de concreto;
  • alvenaria estrutural: usa blocos, pilares e vigas, mas a estruturação e a vedação acontecem ao mesmo tempo;
  • steel frame: é o método industrializado, que usa perfis de aço galvanizado como base. A vantagem é a resistência à corrosão. A estrutura pode ser fechada com drywall ou placas de madeira ou de cimento;
  • parede de concreto: a estruturação e a vedação da obra são realizadas com concreto. Ele é moldado no local e incorporado a outras instalações de forma parcial.

Entender os sistemas construtivos implica definir como a construção será realizada. Se o objetivo do empreendimento for a economia, a ideia é escolher o mais barato. Para projetos de luxo, as possibilidades são muito maiores.

De toda forma, é importante ressaltar que existem várias alternativas em qualquer uma das opções. Ainda assim, as possibilidades de trabalho são diversificadas. No caso dos grandes hotéis, a execução pode ser realizada com estrutura de concreto. Nos menores, as paredes de alvenaria e soluções mais simples são boas alternativas.

Invista em materiais de acabamento resistentes

O projeto de hotelaria deve considerar materiais de acabamento resistentes. Isso porque recebem um grande número de hóspedes todos os dias. Portanto, economizar é um mau negócio.

Normalmente, os quartos recebem pintura ou papel de parede. No piso, o melhor são os frios ou os vinílicos. Já os banheiros costumam receber porcelanatos. Além da durabilidade, pense também na facilidade de limpeza e manutenção.

Nos corredores, é indicado colocar carpetes nos pisos. Isso porque ajuda a manter uma boa acústica. Considere também o uso de rodapé iluminado, guarnições, rodatetos, rodameios e revestimentos sustentáveis. Os elementos fabricados em EPS (poliestireno expandido, ou Isopor®) são duráveis, de fácil limpeza e manutenção.

Você pode usar apenas um pano para fazer a higienização. Eles também são resistentes a pragas e mofos, inclusive cupins. Sem contar que são bonitos e adaptáveis a qualquer projeto. Ou seja, eles fazem a decoração do seu hotel ficar agradável para o hóspede.

Aplique recursos tecnológicos e normas de segurança

Ainda pense em detalhes de segurança e tecnologia que vão agradar os seus clientes. Algumas possibilidade são:

  • fechaduras automáticas;
  • check-in automático, feito quando o hóspede chega no aeroporto. Ele recebe uma mensagem no celular com as boas-vindas e o número do quarto;
  • sonorização ambiente;
  • circuito fechado de televisão;
  • detecção e alarme de incêndios;
  • sistema de relógios;
  • wi-fi;
  • tubulações que controlam a temperatura da água;
  • materiais que barram a passagem do som e garantem o conforto acústico;
  • soluções que favorecem as trocas climáticas nos quartos.

Lembre-se de que todas as medidas devem seguir a norma técnica NBR 9077. Ela trata das saídas de emergência em edifícios, fundamental para garantir a segurança dos hóspedes e dos funcionários.

Também é importante atentar às exigências da NBR 9050, que dispõe sobre a acessibilidade a mobiliário, edificações, espaços e equipamentos urbanos. Trata-se da quantidade de quartos adaptados e de espaço para cadeirantes nas escadas de segurança. 

Saiba fazer a decoração do hotel

Por fim, considere a decoração que será feita no hotel para finalizar o seu projeto de arquitetura da melhor forma possível. Nesse cenário, você deve pensar nos seguintes elementos:

Iluminação

Vale a pena colocar pontos focais e investir em janelas para aproveitar a iluminação natural. Uma dica é fazer uma decoração com espelhos para distribuir a iluminação. Esse elemento garante que a luz seja distribuída de maneira difusa.

Fachada

É um chamativo para potenciais clientes. Vale a pena usar jogo de luz para ressaltar o principal elemento da fachada. Você ainda deve analisar outras ideias para fachada comercial, já que é uma espécie de cartão de visitas.

Recepção

Destaque a logomarca em um lugar iluminado e estratégico. Uma boa dica é fazer uma decoração com lambri, que traz um toque diferenciado.

Quartos

Aplique uma temática a esses cômodos. Você pode usar a sua criatividade, mas evite o exagero. Além disso, é importante que a decoração do hotel garanta a privacidade do hóspede e seja prática. Por isso, atente a itens fundamentais, como:

  • almofadas e cobertores extras;
  • cabides vazios;
  • toalhas de banho a mais;
  • relógio;
  • espelho.

Atente à disposição dos móveis e ao layout dos quartos. Quando bem pensados, esses elementos ajudam a passar uma sensação de aconchego e conforto. Você ainda pode usar materiais diferentes. Por exemplo, a boiserie traz um toque diferenciado à decoração do hotel. Ainda deixam o resultado final mais elegante.

Nas paredes, você também pode usar painéis ripados. Eles podem ser fabricados de EPS ou pinus. De toda forma, são aplicáveis tanto nos quartos quanto na recepção e até nos banheiros. Isso traz uma sensação de conforto para os hóspedes. Além disso, combina com diferentes estilos de decoração. No caso do painel ripado de madeira, alia versatilidade e estilo.

Jardins

Apesar de serem uma área comum para todos os hóspedes e nem sempre estarem presentes nos hotéis, os jardins são belos e deixam o seu estabelecimento ainda mais charmoso. Você deve usar flores, plantas e até placas com desenhos florais para chamar a atenção.

Com todos esses detalhes para criar o seu projeto de arquitetura de hotel, você conseguirá atrair hóspedes e fidelizá-los. É claro que também é importante investir em atendimento e outras variáveis.

Ainda assim, o projeto de hotelaria é o primeiro passo para ter sucesso nesse segmento. Por isso, vale a pena investir em um fornecedor de qualidade, que tenha os melhores materiais, que sejam resistentes e duráveis. Dessa forma, você tem o máximo custo-benefício.

E você, gostou de ver essas dicas e quer receber outras? Siga as redes sociais das Indústrias Santa Luzia! Estamos no YouTube, Instagram, Facebook, Pinterest, LinkedIn e Twitter.

  • Santa Luzia Brasil BRA
  • United States USA
  • Santa Luzia Europa Europa
  • Blog Santa Luzia USA
  • Youtube Santa Luzia
  • Facebook Santa Luzia
  • Instagram Santa Luzia

    SUSTENTABILIDADE POR PRINCÍPIO

  • Santa Luzia - Green Building Council
  • Santa Luzia - Green Building Council Brasil
pt_BRPT_BR