Como projetar fachadas comerciais modernas e atrativas

A imagem mostra uma das fachadas comerciais de uma rede de lojas.
Fachada moderna de uma loja de departamento

Os clientes corporativos podem dar um retorno bastante atrativo para as construtoras. No entanto, é preciso estar preparado para entregar projetos que se alinhem às necessidades da empresa, inclusive para aumentar a atração de clientes. Nesse sentido, saber como planejar as fachadas comerciais é especialmente importante.

Na arquitetura corporativa, elas têm um papel importante porque influenciam a percepção do público e a identidade que o negócio deseja transmitir. Assim, independente do local da fachada — nas ruas, shoppings, galerias ou grandes prédios comerciais —, o projeto deve ser adequado para os objetivos da empresa contratante.

Pensando nisso, preparamos este conteúdo com as principais dicas para desenvolver uma boa fachada comercial e criar projetos incríveis para os seus clientes. Confira!

Como projetar fachadas comerciais para os seus clientes?

Um projeto de fachada comercial se diferencia em relação aos designs tradicionais. Ela tem a função de se comunicar com o público, atraindo a atenção e estimulando que as pessoas busquem o local. Para tanto, ela deve ser atrativa e moderna, além de se destacar em relação aos concorrentes.

Para aprender como desenvolver um projeto que cumpra esses objetivos, confira as dicas a seguir!

Estude a região da empresa

O ponto de partida para fazer qualquer projeto é estudar a região. Entenda quais são as tendências do local, o entorno do bairro e as fachadas comerciais próximas. Isso pode trazer elementos interessantes para ter inspirações e ideias sobre o que pode ser interessante e o que evitar no projeto.

Caso tenha concorrentes diretos do seu cliente no local, vale observar como é o espaço deles e pensar em diferenciais, inserindo itens na fachada que tragam ainda mais destaque para o projeto. Observe também como é a visualização a partir de diferentes ângulos e posições nas proximidades — para não errar, aproveite e fotografe tudo para rever novamente em outro momento.

Conheça as leis e restrições

Antes de fazer qualquer projeto, é preciso considerar as leis municipais para entender o que é ou não permitido. As normas do município podem impor algumas restrições em relação ao que pode ser adicionado à fachada, conforme o tipo de estabelecimento ou localização.

Portanto, fazer uma análise criteriosa dos regulamentos é fundamental para evitar problemas no projeto que podem exigir ajustes ou, até mesmo, gerar transtornos para o cliente após a execução devido à aplicação de multas ou exigência de reformas. 

Caso o espaço faça parte de shoppings, prédios comerciais e outros espaços do tipo, pesquise também as normas internas. É bastante comum que eles imponham algumas regras para manter certos padrões entre os diferentes estabelecimentos.

Evite a poluição visual

Um cuidado essencial ao projetar fachadas comerciais é evitar a poluição visual. Em meio a tantas inspirações e, até mesmo, pedidos dos clientes, um erro comum é inserir muitos elementos, deixando o projeto sobrecarregado. O excesso de propaganda, cores e contrastes, por exemplo, podem prejudicar o resultado.

O mesmo vale em relação à variedade de acabamentos e iluminação. Inclusive, as leis municipais podem estabelecer limites para evitar esse tipo de situação. Para não errar, pense sempre que “menos é mais” para focar em um estilo específico e nas características do negócio do cliente.

Estabeleça o conceito que será seguido, as cores e os pontos de destaque, sem incluir elementos em excesso. Esse cuidado ajudará a ter uma fachada diferenciada, mas sem excessos, que consiga entregar uma identidade visual alinhada à marca.

Utilize as cores da marca

O ideal é que a fachada siga a comunicação visual da marca e consiga transmitir a sua identidade para o público que observar o local. Portanto, é interessante incluir as cores do logotipo da empresa no projeto. Ou seja, elas não devem se limitar à placa com o nome do estabelecimento.

Como, em geral, essas cores também são utilizadas no projeto de design de interiores e em diversos elementos do negócio, isso ajudará a dar uma conexão com o interior do imóvel, criando um espaço mais harmônico.

Para facilitar, você pode usar diferentes tons das cores da marca e trabalhar com o círculo cromático para identificar outras cores que podem ser usadas para complementar o projeto. Mas não se esqueça de considerar o tipo de negócio para encontrar as combinações mais adequadas.

Além disso, vale considerar a psicologia das cores na escolha de tons que serão complementares. Lembre-se de que elas podem despertar diferentes sensações no público e ajudar a transmitir a imagem que a empresa deseja

Invista em boa iluminação

Uma boa fachada precisa ter foco na iluminação. Em alguns momentos do dia, esse fator pode até não ser tão visível. Porém, lembre-se de que o público pode passar pelo local em diferentes horários, mesmo quando o estabelecimento está fechado.

É fundamental que o espaço seja notado e passe uma boa impressão para o público — e as fachadas comerciais têm um grande papel nesse momento. Quando a loja se destaca, isso faz com que fique gravada na memória das pessoas e, quando elas precisarem de um produto ou serviço, podem lembrar do estabelecimento como uma oportunidade.

Portanto, pense em diferentes pontos de luz e como eles serão instalados, além dos seus efeitos em diferentes momentos. É essencial dar especial atenção a esse processo para evitar erros que resultem em atrasos e mais gastos no projeto.

Use materiais e revestimentos adequados

Outra escolha fundamental é a escolha dos materiais e revestimentos que vão compor as fachadas comerciais. Afinal, eles complementam todo o design e podem dizer muito sobre a empresa, a depender do seu foco.

Imagem de uma fachada feita com material de revestimento
Fachada comercial de uma cafeteria feita com material de revestimento.

Empresas voltadas ao público de alto-padrão ou setores em alta, como o de tecnologia, precisam de acabamentos menos básicos e que se destaquem em beleza e modernidade. Em outros casos, os acabamentos mais simples conseguem entregar um visual mais alinhado ao estabelecimento. 

Estudar o negócio e as características da marca se torna essencial para conseguir maior alinhamento no projeto. Somente assim será possível criar um projeto que seja ideal, desde o planejamento até a entrega com tudo finalizado.

Outra dica essencial se refere à qualidade dos materiais. Os projetos sempre devem ser feitos usando itens de qualidade superior, que proporcionem maior durabilidade. Em relação aos revestimentos, isso se torna ainda mais importante. Caso contrário, em pouco tempo a fachada precisará de reformas, o que pode gerar problemas com os clientes.

Aposte nas tendências do mercado

A imagem mostra uma fachada minimalista, na lateral de um estabelecimento.

Quando se fala em fachadas comerciais, é preciso ter em mente que elas também possuem tendências da arquitetura que são observadas ao longo dos anos. Portanto, isso deve ser considerado para que o estabelecimento se mantenha atual.

A vantagem é que existem tendências para diferentes estilos e gostos, desde os estilos mais sóbrios e minimalistas até os mais despojados. O segredo, aqui, é considerar as características do negócio e fazer pesquisas direcionadas para encontrar insights que se alinhem a ele.

Se a construtora precisa projetar um escritório de advocacia, as tendências serão diferentes daquelas presentes para lojas voltadas ao público infantil ou em consultórios para atendimentos de saúde. Já hotéis e pousadas podem exigir decorações diferentes conforme o público-alvo, por exemplo.

Esse direcionamento na pesquisa fará toda a diferença nos resultados encontrados. Dessa forma, é possível garantir um projeto adequado às necessidades da empresa, que seja moderno e atual. Com isso, as chances de que a fachada comercial se mantenha relevante e alinhada por um período mais longo é maior — o que também ampliará a satisfação do cliente.

Descrição da imagem: fachada minimalista lateral de um estabelecimento.

Quais são os benefícios que uma boa fachada comercial proporciona?

Para facilitar a realização do projeto ou, até mesmo, a venda para potenciais clientes, vale reformar os benefícios que uma boa fachada consegue proporcionar para os negócios. Veja os principais:

Se diferencia da concorrência

Para começar, é a fachada da sua empresa que fará com que, ao observar o local, o público consiga diferenciá-la da concorrência. Por isso, ela deve ter uma identidade visual alinhada e atrativa. É assim que os clientes interessados nos seus produtos ou serviços podem ser estimulados a entrar no local.

Cria uma marca própria

O reconhecimento da marca tem um papel importante no mercado, pois ajuda a fazer com que a sua empresa seja lembrada pelo público. Isso pode fazer com que as pessoas pensem mais nas suas soluções diante de necessidades e, até mesmo, indiquem o seu estabelecimento para amigos e conhecidos.

Torna o espaço memorável ao dar maior visibilidade

Fachadas comerciais que são planejadas pensando em destacar a marca, conseguem criar um espaço memorável, do qual as pessoas se lembram com facilidade. Por exemplo, a loja pode se tornar um ponto de referência. Assim, ainda que não seja o destino inicial de um cliente, será percebida por ele. Isso pode fazer com que o consumidor se interesse em conhecer mais sobre ela. Logo, isso aumenta a atração do público.

Pronto! Agora você já sabe as principais dicas para projetar fachadas comerciais que se destaquem em sua construtora. Dessa forma, é possível entregar diferenciais para os seus clientes, ajudando a manter o seu negócio mais competitivo e atrativo no mercado.

Este artigo foi útil para você? Aproveite para compartilhar o conteúdo em suas redes sociais para que mais profissionais tenham acesso a essas dicas!

  • Santa Luzia Brasil BRA
  • United States USA
  • Santa Luzia Europa Europa
  • Blog Santa Luzia USA
  • Youtube Santa Luzia
  • Facebook Santa Luzia
  • Instagram Santa Luzia

    SUSTENTABILIDADE POR PRINCÍPIO

  • Santa Luzia - Green Building Council
  • Santa Luzia - Green Building Council Brasil
pt_BRPT_BR