Como montar um projeto de laboratório prático e funcional

Projeto de laboratório: imagem mostra laboratório com parede cinza.

Um projeto de laboratório deve considerar critérios técnicos como os equipamentos, protocolos e segurança do local. Afinal, fazem parte do dia a dia desses ambientes de trabalho.

No entanto, também é importante transmitir a sensação de segurança, limpeza e organização. Assim, é possível conquistar credibilidade junto a colaboradores, clientes e parceiros.

Neste conteúdo, reunimos algumas dicas para montar um projeto de laboratório prático e funcional. Com elas, você pode criar um ambiente de trabalho que deixe as pessoas confortáveis e transmita uma imagem positiva do negócio. Vamos lá?

Quais são os tipos de laboratório?

Os projetos de laboratórios podem servir a objetivos educativos, científicos e empresariais. Há diferentes tipos, e cada um tem suas características relacionadas à segurança.

  • Análises clínicas
  • Pesquisas
  • Escolares
  • Universitários
  • Industriais
  • Farmacêuticos
  • Alimentícios

Perceba que, assim como clínicas e hospitais, os laboratórios são ambientes em que, geralmente, são realizadas atividades com riscos, como:

  • biológicos (fungos, bactérias, protozoários, e parasitas);
  • químicos (substâncias, compostos, poeiras, fumos, e névoas);
  • físicos (temperatura, vibrações, pressões anormais, radiação).

Para garantir a segurança do local, o projeto de laboratório deve sempre começar pelas normas técnicas. Assim, são adotadas medidas para eliminar, minimizar e proteger as pessoas em relação à contaminação, acidentes e doenças.

Após esse fundamento, vale a pena adotar opções para melhorar a produtividade, transmitir confiança às pessoas e facilitar a comunicação interna. Aqui, entram as atividades de design de interiores.

Imagem mostra sala de laboratório com mesa, cadeiras, parede cinza e lavatório.

Qual é a importância do design de interiores?

O design de interiores cuida da parte visível do projeto de laboratório, trazendo os atributos que vão complementar a segurança do local. É possível ter diversos benefícios ao contar com um ambiente bem planejado.

Credibilidade

A questão mais importante é traduzir o investimento em sensação de segurança para os presentes. Assim, as pessoas terão mais confiança, e o laboratório ganhará credibilidade e reputação.

Imagine, por exemplo, chegar a um laboratório com grafites nas paredes, móveis despojados, objetos de trabalho visíveis e pessoas com roupas variadas.

Aquilo que seria um excelente escritório criativo não vai transmitir a confiança esperada de um laboratório. Pode ser que, no pano de fundo, todas as normas de segurança tenham sido seguidas, mas o design escolhido é mais adequado para outras atividades.

Organização

A credibilidade está muito associada à organização do espaço. Quando pensamos em um espaço desse tipo, buscamos o chamado efeito “halo”. Isto é, a partir de uma ou poucas características — a imagem do laboratório —, a pessoa vai julgar as demais como igualmente positivas.

Assim, ao ver um ambiente limpo e organizado, a tendência é que a pessoa acredite que os protocolos de segurança estão sendo seguidos e confiem nas práticas do laboratório. Portanto, o investimento em segurança que, de outra forma, poderia ser invisível para o público, passa a ser visto pelas pessoas.

Funcionalidade

O projeto de laboratório também deve ter atenção especial à funcionalidade. Em geral, os processos de trabalho em um laboratório seguem roteiros mais rígidos. Há um jeito específico de coletar amostras, outro de armazená-las e um terceiro de higienizar o espaço, por exemplo.

Quanto menos obstáculos às atividades, mais funcional tende a ser o laboratório. Além disso, o design de interiores pode melhorar a organização, dando mais espaço e facilitando a localização de objetos e equipamentos. E tudo isso vai contribuir para produtividade dos profissionais.

Orientação

Por fim, o design de interiores será importante para transmitir informações. Saber destacar alertas relacionados a riscos, protocolos de segurança, organização dos equipamentos e materiais são alguns exemplos.

Em um laboratório, é importante que as orientações sejam claras e constantemente reforçadas. Afinal, muitas vezes, a segurança do local depende da atitude das pessoas tanto quanto de equipamentos e máquinas específicas.

Imagem  mostra sala de espera de um laboratório, com poltrona, luminária e letreiro decorativo na parede.

Como realizar o projeto de laboratório?

O planejamento do laboratório deve priorizar opções de design que tragam os aspectos de confiança e credibilidade desejados. Confira algumas dicas!

Imagem mostra inspiração de corredor para laboratório.

Inspire-se no design minimalista

Uma boa inspiração é o minimalismo. Nessa tendência, priorizamos espaços mais amplos, limpos e organizados. Portanto, os elementos meramente decorativos, sem uma função clara no ambiente, são eliminados.

Muitos princípios deste estilo podem ajudar a transmitir a sensação de organização e credibilidade que buscamos em um projeto de laboratório. Será um espaço voltado para produtividade, ainda que não deixe de ser bonito.

Use de cores neutras nas paredes

As cores neutras, como branco fosco, bege, marfim e creme, são boas escolhas para as paredes. Nelas, há menos intensidade e saturação, de modo que passam despercebidas diante dos olhos.

É possível trazer um aspecto de amplitude e evidenciar a limpeza do ambiente de trabalho. O que, sem dúvidas, transmite mais credibilidade para os presentes.

Coloque bancadas para suporte de equipamentos

As bancadas são importantes para organização. Nesse sentido, procure modelos com compartimentos internos para minimizar os itens à mostra e dar um senso de organização para o ambiente. Além disso, móveis com linhas mais simples, como quadrados e retângulos, ajudam a dar o aspecto “clean” da decoração mais minimalista.

Insira janelas para visualização de áreas externas

Para minimizar a quantidade de elementos no ambiente e transmitir a sensação de limpeza, também é importante saber usar os elementos funcionais como decoração, em vez de adicionar novos itens.

Uma boa aplicação desse conceito são janelas para áreas externas. Assim, a própria vista melhora a estética do local, sem que você precise adicionar itens de decoração, como quadros e painéis.

Utilize rodapés para o acabamento do ambiente

Também é importante dar atenção aos detalhes e acabamentos do laboratório, como os rodapés. Elementos que evidenciam o cuidado com o ambiente vão ajudar a transmitir a sensação de segurança e credibilidade, exigidas de um laboratório.

Na indústria Santa Luzia, temos rodapés desenvolvidos para atender às necessidades de laboratórios, clínicas e hospitais. O rodapé Clinicus traz modelos feitos de alumínio, nos tipos branco e anodizado. São ideais, por exemplo, para combinar com texturas neutras e ambientes mais limpos.

Ademais, a geometria dos rodapés foi planejada para facilitar a limpeza e evitar o acúmulo de sujeiras. Em ambientes controlados como os laboratórios, o processo de higienização se torna muito mais rápido.

Além de transmitir credibilidade, com cores sóbrias e visual limpo, o design de interiores deve melhorar a produtividade e eficiência dos processos realizados no ambiente de trabalho. Por isso, as opções de rodapé da Santa Luzia são ideais para projetos de laboratórios, ao também facilitar a higienização.

Para ter acesso a rodapés com esse diferencial, entre em contato com a nossa equipe pela central de atendimento e descubra onde encontrar o rodapé Clinicus na sua região!

  • Santa Luzia Brasil BRA
  • United States USA
  • Santa Luzia Europa Europa
  • Blog Santa Luzia USA
  • Youtube Santa Luzia
  • Facebook Santa Luzia
  • Instagram Santa Luzia

    SUSTENTABILIDADE POR PRINCÍPIO

  • Santa Luzia - Green Building Council
  • Santa Luzia - Green Building Council Brasil
pt_BRPT_BR