Dia Mundial da Terra: a importância da sustentabilidade para o meio ambiente

Você considera a sustentabilidade importante para o futuro das interações humanas com o meio ambiente? O Dia Mundial da Terra foi criado para que possamos refletir e conscientizar sobre esse tema tão importante.

A data é um momento de abertura para discussões, troca de conhecimentos e sensibilização sobre a necessidade de cuidarmos do planeta. Promove o desenvolvimento da sociedade com equilíbrio em relação à natureza, que é essencial para nossa sobrevivência.

Neste conteúdo, você conhecerá um pouco mais sobre essa data e verá algumas iniciativas que podem ser realizadas por pessoas e organizações. Continue a leitura e dê também a sua contribuição!

A origem do Dia Mundial da Terra

As questões ambientais são um tema recorrente nas últimas décadas. Afinal, embora tenhamos nos desenvolvido econômica e tecnologicamente como nunca antes, houve um custo em relação ao meio ambiente.

Em 2009, a ONU instituiu o Dia Mundial da Terra, indicando 22 de abril como data para sua ocorrência. O propósito é estabelecer um marco para incentivar a reflexão a respeito da sustentabilidade e preservação das condições do planeta.

Acordo de Paris

Vale ressaltar que o Acordo de Paris, que trata do combate ao Aquecimento Global foi assinado em 22 de abril de 2016. Assim, os 170 países que participaram do pacto em prol do meio ambiente utilizaram a data simbólica do Dia da Terra.

As pequenas práticas para cuidarmos do meio ambiente

No Dia Mundial da Terra são produzidas diversas palestras, seminários, publicações, divulgação de projetos, vídeos educativos e outros materiais de forma descentralizada. É uma data em que diferentes pessoas podem chamar a atenção para o tema, esclarecer pontos, realizar debates, entre outras iniciativas em favor da conscientização sobre as questões ambientais.

Como lição principal dessa data, qualquer pessoa ou empresa pode realizar pequenas atitudes para minimizar os danos humanos ao meio ambiente. Veja algumas boas práticas!

Faça um consumo consciente

Os consumidores também podem contribuir, realizando pequenas mudanças de hábitos, por exemplo:

  • evitar desperdícios e reduzir a geração de lixo: para esta prática, opte por produtos que ofereçam a opção de refil — como produtos de limpeza e cosméticos — e troque o uso de descartáveis por materiais resistentes, minimizando o uso de plásticos;
  • buscar formas de economizar energia: valorize a iluminação natural durante o dia para reduzir a necessidade de ligar luzes artificiais. Além disso, troque lâmpadas incandescentes por lâmpadas de LED, que são 80% mais econômicas;
  • Em dias quentes, o ar condicionado é uma excelente alternativa. E para que o seu uso não gere um custo elevado de energia, ative a Função Smart. Com esse recurso, o ar condicionado soltará rajadas de ar, periodicamente, apenas para manter o ambiente refrigerado, não sendo necessário deixar o equipamento em máximo desempenho;
  • priorizar empresas com práticas sustentáveis: busque consumir produtos de organizações que se preocupam com a gestão de recursos e matérias-primas, e que prezam por ações de crescimento econômico que não gerem impactos no meio ambiente.

Refletindo um pouco antes de consumir um produto, é possível fazer escolhas que minimizem impactos ambientais. E, se cada vez mais as pessoas tiverem essa responsabilidade, o mercado dará mais atenção ao tema.

Análise de origem e composição dos produtos

Um ponto muito importante é privilegiar produtos com certificações ambientais e que venham de origem reciclável. Muitas vezes, o próprio consumidor não tem condições de fiscalizar a origem dos produtos que consome. Entretanto, existem entidades que realizam essa atividade e concedem selos, como as certificações LEED e ISO 14001, que validam as práticas dos bons fornecedores.

Ações para mitigar a emissão de carbono

De certa forma, as empresas desenvolvem suas atividades com práticas que impactam diretamente o meio ambiente pela emissão de carbono. Com isso, as organizações devem pensar em ações de compensação ambiental que viabilizam reduzir as emissões por fontes de gases de efeito estufa e fortalecer as remoções por sumidouros de carbono, tais como florestas e oceanos.

Por exemplo, no setor de transportes, a mitigação de gases de efeito estufa está relacionada não somente à escolha de combustíveis alternativos como o etanol e biodiesel, mas também à melhoria da eficiência energética. As emissões de dióxido de carbono nos “novos” veículos leves podem ser reduzidas em até 50% em 2030 comparadas aos modelos atualmente produzidos, assumindo avanços tecnológicos persistentes.

Etapa 1: Redução e Cálculo das Emissões

  1. Identificar as fontes poluentes;
  2. implementar ações para mitigar o impacto ambiental;
  3. calcular as emissões de gases estufa associadas ao evento.

Etapa 2: A Compensação

A compensação das emissões de gases de efeito estufa é feita por atividades que geram benefícios ambientais de mesma proporção. Essas atividades, reconhecidas por órgãos certificadores internacionais, devem atender os requisitos abaixo:

  • aumentar a remoção de gás carbônico da atmosfera, reduzir ou evitar emissões de gases estufa em relação a outras atividades padrão;
  • não gerar impactos negativos ao meio ambiente em nível local e promover o desenvolvimento da comunidade local e dos trabalhadores.
Dia da Terra tem objetivo de conscientizar indústrias a não poluir a atmosfera do planeta Terra.
Emitição de poluição na atmosfera terrestre deve ser evitada.

A redução é feita pela própria empresa (aumentar a manutenção ou renovar a frota, por exemplo). Já a compensação, que também pode ser chamada de neutralização, é a redução feita por outra empresa, que a vende na forma de crédito de carbono (que pode custar menos do que a implementação da redução na própria empresa).

Busque produtos cruelty free

Outra tendência é o cruelty free. Os produtos dessa categoria são preparados sem práticas que prejudiquem os animais. É uma validação que vem crescendo de importância na área dos cosméticos, por exemplo, reduzindo-se os produtos que realizam testes em animais.

Enfim, dentro das práticas com as quais cada um mais se identifica, todos podem contribuir de alguma forma para a proteção do meio ambiente. E o Dia Mundial da Terra é um ótimo momento para refletir sobre o tema e mudar posturas.

Que tal levar essas reflexões para mais pessoas? Compartilhe o conteúdo nas suas redes sociais e convide seus amigos e seguidores a também realizarem pequenas ações em prol do meio ambiente!

  • Santa Luzia Brasil BRA
  • United States USA
  • Santa Luzia Europa Europa
  • Blog Santa Luzia USA
  • Youtube Santa Luzia
  • Facebook Santa Luzia
  • Instagram Santa Luzia

    SUSTENTABILIDADE POR PRINCÍPIO

  • Santa Luzia - Green Building Council
  • Santa Luzia - Green Building Council Brasil
pt_BRPT_BR