Estilo de vida sustentável: um manual completo para você começar já

Foto com produtos ecológicos em cima de uma pia, simbolizando o estilo de vida sustentável.

O aquecimento global está diretamente ligado à saúde das pessoas e à economia mundial. Mas você sabia que esse efeito pode ser diminuído com a adoção de um estilo de vida sustentável? Ao adotar simples ações individuais é possível trazer diversos benefícios para o planeta e à sociedade.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo instituto Swiss RE Institute, se a temperatura média do planeta subir 3,2 °C, o PIB global pode cair em até 18%. O motivo disso é o efeito em cadeia que essa mudança provoca nas plantações, saúde, ecossistema, além da diminuição dos recursos naturais.

Por isso, tomar atitudes mais conscientes e responsáveis, em busca de uma vida sustentável, ajuda a trazer melhorias, não só para o meio ambiente, mas para o planeta como um todo.

Quer saber como é possível levar uma vida mais consciente? Então, continue a leitura! Neste post, você vai entender os benefícios de adotar práticas sustentáveis e conferir dicas práticas para aplicá-las no seu dia a dia.

Quais são os benefícios de um estilo de vida sustentável?

O estilo de vida sustentável proporciona diversos benefícios para a saúde, tanto no curto quanto no longo prazo, e o principal deles refere-se à prevenção de doenças mentais e físicas. Mas, levar uma vida mais consciente vai além da saúde.

Abaixo, confira os principais benefícios de adotar práticas voltadas à sustentabilidade.

Maior disposição

Nada como acordar, fazer suas tarefas de casa, trabalhar e conseguir realizar os projetos pessoais com maior êxito e vigor, não é mesmo? Tudo isso pode ser conquistado com a mudança de hábitos no seu dia a dia.

À medida que um ritmo de vida sustentável é adotado, a disposição aumenta na mesma proporção. Assim, é possível ter um dia mais leve e cheio de realizações.

Alimentação saudável

Um dos pilares para levar um estilo de vida mais saudável se refere à alimentação balanceada.

Com a substituição ou diminuição do consumo de carnes, embutidos, alimentos gordurosos e industrializados, é possível reduzir os impactos ambientais que esses alimentos produzem e seu cardápio passa a ficar mais saudável.

Redução de gastos desnecessários

Um estilo de vida consciente sobre os impactos na economia, meio ambiente e outras áreas, também reflete em poupar gastos desnecessários. Pois, enquanto você tem gastos excessivos com produtos e serviços em uma vida desequilibrada, no estilo de vida mais sustentável essas despesas são eliminadas.

Contribuir para a comunidade local

Além de oferecer vantagens à vida pessoal, o estilo de vida sustentável beneficia a comunidade local. Ações como coleta de lixo seletiva, conservação do meio ambiente local e estímulo à economia circular, trazem resultados benéficos diretos à população da área.

Estimular o consumo consciente

O consumo consciente deixa de ser um ato individual e passa a ser coletivo quando ele é feito diariamente. Pessoas próximas podem se inspirar e ficarem instigadas a descobrir como é esse novo jeito ecológico de consumir e, assim, passam a fazer o mesmo.

Quais são as principais dicas para ter um estilo de vida sustentável?

Para levar uma vida baseada na sustentabilidade, é preciso adotar diversas ações na sua rotina — desde gestos mais sutis, como descartar lixos corretamente, até os mais profundos, como mudar a alimentação e plantar suas próprias ervas e temperos.

Pensando em te ajudar nesse processo, separamos 7 dicas fundamentais para levar uma vida mais consciente e sustentável. Confira!

1. Plantar seu alimento de forma orgânica

Para adotar uma vida sustentável, ter sua própria horta orgânica é um excelente primeiro passo. Além do contato com a natureza e a escolha das espécies que servirão para os pratos do dia a dia, a própria relação com a comida começa a ser transformada.

Dessa forma, cultivar ervas, temperos, verduras e legumes em um espaço dedicado em casa, contribui para que você consuma alimentos mais saudáveis. Afinal, os orgânicos não recebem agrotóxicos e produtos químicos que interferem na sua qualidade.

2. Usar a bicicleta como meio de transporte

Você sabia que a bicicleta foi criada com objetivo de ser um transporte de uso urbano, para trajetos mais curtos?

Mas, para além desse histórico, a bicicleta não requer combustível para ser guiada. Assim, ela contribui para uma menor geração de resíduos na atmosfera, além de ajudar o usuário a praticar uma atividade física, contribuindo para sua saúde.

Uma das melhores partes de utilizar esse meio de locomoção, se refere ao estímulo do organismo. Desse modo, doenças que surgem ou são agravadas com o sedentarismo, passam longe com esse estilo de vida sustentável.

3. Praticar o consumo consciente

O consumo consciente exige que as compras sejam feitas na medida ideal, ou seja, sem exageros. Logo, as roupas, itens de higiene pessoal, materiais para casa, alimentação, entre outros produtos, devem ser equilibrados.

Além disso, o consumo consciente dá preferência às compras de produtores locais e mercadorias com origem controlada e certificada — como os orgânicos e eco-friendly. Dessa forma, gera-se uma economia circular, contribuindo para a comunidade.

4. Incentivar a coleta seletiva

Fazer o descarte correto de produtos descartáveis, orgânicos e recicláveis, deve ser prioridade para ter uma vida saudável. Essa é uma tarefa simples, que exige, apenas, a separação adequada dos diferentes resíduos em sacos de lixo.

Saber quais são os pontos de descarte correto na cidade, como também descobrir onde é possível descartar produtos para logística reversa, são essenciais. Lâmpadas, eletrônicos, baterias e pilhas têm um descarte diferenciado, pois provocam contaminação do meio ambiente quando misturadas ao lixo comum.

5. Verificar a procedência dos produtos

Descobrir qual é a origem dos diversos produtos consumidos em sua casa ajuda a identificar os métodos e materiais usados em sua fabricação. Dessa forma, você poderá escolher empresas que investem em práticas sustentáveis de produção ou que mantêm ações em prol dessa frente.

Assim, comprar produtos de origem sustentável estimula o mercado a adotar medidas desse tipo, contribuindo para a preservação dos recursos naturais e meio ambiente.

6. Consumir alimentos de época

Cada alimento tem uma sazonalidade de cultivo e colheita, assim, aproveitar essa época é a melhor escolha para levar um estilo de vida sustentável. O motivo é que legumes, verduras e frutas de época tendem a ter níveis de agrotóxicos menores. Pois, a maioria dos alimentos que não estão em época, se conservam por meio de altos índices de agrotóxicos.

7. Diminuir o consumo de carne

A carne vermelha, especialmente bovina, está ligada ao aquecimento global. Porque para cuidar do gado, é necessário utilizar diversos recursos que afetam o planeta.

Além desse motivo, as flatulências de grandes criações de gado exalam gases que, em grande quantidade, afetam a camada de ozônio. Assim, causando o aumento das temperaturas no longo prazo.

Ainda, a carne vermelha em excesso é associada aos casos de câncer e outras doenças. Portanto, diminuir ou eliminar a carne vermelha dos pratos é uma alternativa para levar um estilo de vida mais saudável.

Como você pode observar, as vantagens de levar um estilo de vida sustentável pode não ser percebida nos primeiros dias. Mas, com esforço e sabendo dos efeitos que elas trazem para sua saúde, ecossistema e economia, é possível adotá-las na sua rotina.

Você já conhecia todas essas formas de garantir uma vida saudável? Compartilhe esse post em suas redes sociais e ajude mais pessoas a entenderem os impactos do estilo de vida sustentável sobre a sociedade e o planeta!

  • Santa Luzia Brasil BRA
  • United States USA
  • Santa Luzia Europa Europa
  • Blog Santa Luzia USA
  • Youtube Santa Luzia
  • Facebook Santa Luzia
  • Instagram Santa Luzia

    SUSTENTABILIDADE POR PRINCÍPIO

  • Santa Luzia - Green Building Council
  • Santa Luzia - Green Building Council Brasil
pt_BRPT_BR