Logística reversa: quais os benefícios para sua empresa?

Itens recicláveis e símbolo da reciclagem simbolizando a logística reversa.

A instituição de um programa de logística reversa é um investimento na própria empresa. Não apenas ela é uma medida sustentável, mas oferece diversos benefícios para os negócios.

Como vemos na pesquisa feita pela PWC, o número de consumidores que buscam empresas que são conscientes e apoiam questões ambientais é expressivo: cerca da metade (47%) nas compras fora de casa e a maioria nas compras a distância (67%).

Além disso, segundo relatório da Deloitte, globalmente as questões ambientais são a maior preocupação para geração Z e terceira maior para os millennials.

Para sua empresa estar adequada a essa realidade, dominar temas como a logística reversa faz toda diferença. Continue a leitura e tire as suas dúvidas!

O que é logística reversa?

A logística reversa é o fluxo de retirada de produtos vendidos ou consumidos. Simplificando, em vez de ir da origem para o destino, o produto irá do destino para a origem. Logo, se feita adequadamente, é uma prática que oferece grandes contribuições para com a preservação do meio ambiente.

Essa conexão com as questões ambientais acontece quando a destinação do produto é adequada. Reciclagem, reutilização, desmontagem e depósito em locais corretos são alguns exemplos, que vão depender do tipo e estágio do material.

Aliás, a logística reversa está dividida em duas categorias. A primeira acontece no pós-venda, na coleta de produtos antes de serem inutilizados para o consumo. Já o segundo é no pós-consumo, em que o bem teve seu ciclo de vida esgotado.

Quais são os benefícios da logística reversa?

No Brasil, são produzidos 80 milhões de toneladas de resíduos por ano. A logística reversa é uma das medidas para frear esse problema. Inclusive, ela foi prevista na Lei n°12.305/2010, que define a Política Nacional de Residuos Sólidos.

Nela, está prevista a responsabilidade compartilhada entre Poder Público e entidades privadas, na coleta e destinação dos resíduos. Não à toa, é um dos assuntos mais importantes da responsabilidade social corporativa.

No entanto, além da contribuição para a sociedade, a organização pode utilizar a responsabilidade social como parte de sua estratégia de negócios. Dessa forma, a sustentabilidade será responsável por construir vantagens em diferentes frentes.

Fortalecer a imagem

sentidos e significados atribuídos à imagem da organização serão mais positivos. Assim, é possível construir tanto uma marca de consumo como uma empregadora mais forte, atraindo clientes, colaboradores, parceiros e outros stakeholders pelas boas práticas ambientais.

Atrair consumidores mais conscientes

Além da imagem positiva para o público geral, existem os clientes proativos em relação à causa ambiental. O consumidor responsável enxergará a logística reversa não como um algo a mais, e sim como uma exigência para fechar a compra. E, hoje em dia, esse grupo está mais numeroso.

Comunicar-se com as novas gerações

A novas gerações estão particularmente preocupadas com a causa ambiental. Mesmo no ano da pandemia, globalmente, o assunto não deixou a lista de prioridades dos nascidos de meados da década de 1980 em diante. Por isso, a logística reversa também é uma adaptação aos novos tempos.

Melhorar o processo de produção

O retorno de, ao menos, parte dos recursos ajuda a otimizar o processo de produção, reduzindo custos com matéria-prima. Além disso, a marca empregadora forte ajuda a contratar talentos engajados na questão ambiental, contando com suas competências na operação.

Obter certificações ambientais

As boas práticas podem ser reconhecidas por meio de focas y certificaciones. Essa validação frequentemente é necessária para contar com parceiros estratégicos, além de serem mais uma medida para desenvolver a marca da organização.

Reduzir a quantidade de resíduos descartados

A empresa reduz a quantidade de materiais e produtos descartados, minimizando desperdícios e enxugando custos. Afinal, os itens coletados podem ser reciclados, consertados, reutilizados ou revendidos em muitos casos.

Caminhão de coleta para logística reversa.

Criar fontes de receita

Essa possibilidade de transformar algo que seria descartado em valor promove a recuperação de receitas. Logo, a logística reversa não diz respeito apenas a minimizar gastos, mas também a entrada de dinheiro novo.

Viu só? Com boas práticas ambientais, a empresa melhora em relação a diferentes indicadores, como atração de talentos, vendas, custos e receitas. Por isso, a logística reversa é um investimento na própria organização, que se torna mais competitiva ao adotar medidas sustentáveis.

Gostou do conteúdo? Você adota alguma prática sustentável em seu dia a dia? Comente nesse conteúdo e conte-nos quais são os principais desafios!

  • Santa Luzia Brasil SOSTÉN
  • Estados Unidos EE.UU
  • Santa Lucía Europa Europa
  • Blog de Santa Luzia EE.UU
  • Youtube Santa Luzia
  • Facebook Santa Luzia
  • Instagram Santa Luzia

    SOSTENIBILIDAD POR PRINCIPIO

  • Santa Luzia - Consejo de Edificación Ecológica
  • Santa Luzia - Consejo de Construcción Ecológica de Brasil
es_ARES